Adeus ano velho

Do you wanna read this post in English? Click here.

“Algumas pessoas acreditam em destino, outras não. Eu acredito e desacredito. Talvez algumas vezes pareça como se mãos invisíveis nos movem como fantoches. Mas com certeza, nós não nascemos para fazermos coisas que não queremos. Nós podemos assumir o comando e ajustar nosso percurso em qualquer cruzamento, ou partir em qualquer pequena trilha para o desconhecido.” (Thor Heyerdahl)

Vista da praia do Aventureiro na Ilha Grande - Rio de Janeiro, Brasil

Vista da praia do Aventureiro na Ilha Grande – Rio de Janeiro, Brasil

Esse pequeno parágrafo que abre esse post resume um pouco como 2013 tem sido para mim. Eu acredito que o destino/karma ou o que quer que você queira chamar isso, me trouxe muitas experiências boas, mas eu também assumi o controle e realizei coisas que eu queria fazer. 2013 está para acabar e foi ótimo para mim. Eu aprendi muitas coisas, pude fazer muitas outras, e acho que cresci como pessoa mais do que em qualquer outro ano. 2013 terá sempre um espaço especial no meu coração.

2013 começou com muito frio em Dublin (Irlanda), e apesar de na época eu estar muito feliz com o progresso que tive estudando inglês, no geral eu estava triste, sentindo saudade dos meus amigos próximos, da minha família e do meu país. Eu estava trabalhando em um lugar de merda, cercado por ótimas pessoas. De repente eu estava trabalhando em dois lugares, lavando louça em ambos. Eu estava sempre cansado. Mas eu tinha feito bons amigos em Dublin e eles me ajudaram a passar por esse período. Então eu me demiti. E viajei, viajei, viajei. Por 29 cidades em 12 países. Peguei carona com 30 pessoas diferentes, em 7 dos 12 países que passei. Dormi em 14 casas pelo Couchsurfing. Também dormi na rua e em algumas estações de trem (apesar de não estar esperando por algum trêm). Eu mudei minha passagem de ônibus pra passar mais tempo com uma grande amiga ao invés de ficar em Paris (uma cidade que eu não tinha visitado ainda). Mais tarde eu me apaixonei por essa amiga. Me mudei de volta para o Brasil. Um sonho se realizou quando eu terminei, junto com meu melhor amigo, a caminhada ao redor da Ilha Grande no Rio de Janeiro, depois de 8 dias dormindo numa barraca e tomando apenas um banho quente durante a viagem inteira. Eu recusei um trabalho num banco e comecei a trabalhar de casa como desenvolvedor. Me mudei para um novo apartamento. Fiz novos amigos. Bons amigos. E então eu não tinha muito trabalho. Comecei a dar aulas de inglês e português. Trabalhei numa feira de estudantes. Criei esse blog. E estava sentindo muita saudade de alguém. Me mudei para Lyon (França), inicialmente por apenas um mês. Pude conhecer melhor alguém que eu já gostava muito, e foi incrível. Decidi ficar mais um mês. Nós viajamos para lugares lindos, comemos comidas deliciosas, encontramos pessoas incriveís, fomos “aventureiros”, rimos muito e tudo foi maravilhoso. Aprendi muito sobre um país que apenas conhecia pelos seus famosos clichês. Me apaixonei por esse país também. E então eu mudei de volta para o Brasil, não porque eu queria, mas porque eu tinha que voltar. É sempre bom voltar para sua família e amigos e estou feliz de estar perto deles. Entretanto, estou triste por estar longe de alguém que eu amo.

2013.12.31 - Goodbye old year_2

Agora é hora de assumir controle e partir nessa nova trilha. Estou orgulhoso das coisas que fiz esse ano e só posso desejar que eu continue fazendo as coisas que me fazem orgulhoso de mim mesmo também em 2014.

Feliz 2014 para todos vocês.

REDES SOCIAIS

fb-icon twitter-icon instagram-icon pinterest-icon google-plus-icon
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s