A enseada de Marselha, Cassis e La Ciotat: uma das mais belas áreas de natureza da França

Do you wanna read it in English? Click here.

Nos últimos dias de Maio caimos na estrada em direção ao sul da França. Era o só começo do verão e a gente queria aproveitá-lo ao máximo.

Marselha

O belo porto antigo de Marselha.

O belo porto antigo de Marselha.

A segunda maior cidade da França e capital da Petanca e do Pastis, Marselha é uma bela cidade localizada a pouco mais de 300 km ao sul de Lyon. Foi historicamente o centro de troca mais importante da região que funcionou com um grande porto de trocas para o Império Francês.
Hoje em dia, parece ter uma má reputação (ouvi isso de franceses) quanto a segurança. Nós passamos um dia lá andando pela cidade e francamente não vi nada ruim. Acho que como em qualquer cidade, você só precisa ter alguns cuidados, sem necessidade de paranóia.
Visitamos o porto antigo, o MuCEM (um museu impresionante que vale a pena conhecer e com entrada gratuita.), a catedral de Marselha e também subimos até a bela Basilica Notre Dame de la Garde.

A enseada

A primeira vista aberta da enseada de sugiton e sua pequena praia.

A primeira vista aberta da enseada de sugiton e sua pequena praia.

Depois de uma boa noite de descanso, fomos explorar a bela enseada da região. Começando por Marselha ela se extende por 20 km, passando por Cassis até La Ciotat.

Mapa da enseada entre Marselha e La Ciotat.

Mapa da enseada entre Marselha e La Ciotat.

Começamos pela enseada de Sugiton que pode ser facilmente alcançada a partir do campus da universidade de Luminy. A trilha é fácil e você não levará mais de uma hora pra chegar até uma pequena praia entre as montanhas. Algumas partes da trilha são “asfaltadas”, então você encontrará muitas familias fazendo a trilha com seus filhos.

Depois de alcançar a praia, voltamos a trilha e de lá você encontrará uma outra trilha que segue até a enseada de Morgiou. Em certo ponto da trilha você encontrá placas para um mirante no topo da montanha. Paramos lá para apreciar a vista e ela é impressionante.

Após esse mirante você pode voltar à trilha e seguir o caminho inteiro até chegar a outra pequena praia. É uma caminhada longa e como estávamos um pouco cansado e ainda tínhamos que voltar até onde tinhamos deixado nosso carro estacionado próximo a Universidade, decidimos não fazer a trilha. Mas acho que vale muita a pena caso você tenha tempo.

De lá, caimos na estrada novamente seguindo até a enseada de Sormiou. Chegando lá você encontrará um estaciomento, que é o ínicio da trilha. O caminho é longo e todo asfaltando, e nós decidimos parar em um ponto onde tinhamos uma bela vista para curtir o pôr do sol.

Bela vista da enseada de Sormiou.

Bela vista da enseada de Sormiou.

La ciotat, Cassis and Rota dos Picos (Route des Crêtes)

A nossa base era o pequeno vilarejo de Ceyreste, pois estávamos dormindo no Camping de Ceyreste.
O vilarejo é bem pequeno e ficamos muito felizes ao descobrir que o único restaurante aberto na hora que voltamos pra dormir era uma bela pizzaria.

Cogumelos, presunto e queijo. Estava maravilhosa

Cogumelos, presunto e queijo. Estava maravilhosa!

Tiramos o dia seguinte para visitar as pequenas cidades de La Ciotat e Cassis. São duas cidades legais na costa, onde relaxamos após um dia cansativo explorando boa parte das enseadas.
Mas a melhor coisa dessas cidade é uma das estradas entre elas. A rota dos picos tem vistas cinematográficas e cruza o belo Parc Naturel Régional des Ballons des Vosges.

Em Cassis, pulamos fora dos restaurantes turísticos próximos ao porto antigo e andamos por ruas estreitas na direção contrária do porto, para encontrar o restaurante Le Bonapart, onde almoçamos peixe fresco. Almoço maravilhoso e mais baratos que os restaurantes turísticos.

Uma vez no sul da França, faça como os sulistas e beba pastis (um licor aromatizado com anis originário na França, tipicamente contendo 40–45% de graduação alcoólica).

Uma vez no sul da França, faça como os sulistas e beba pastis (um licor aromatizado com anis originário na França, tipicamente contendo 40–45% de graduação alcoólica).

Depois do almoço curtimos a tarde na praia da baía de Cassis.

E depois disso tudo chegou a hora de cair na estrada de novo, mas dessa vez de volta a Lyon.

No caminho de volta à Lyon.

No caminho de volta à Lyon.

Espero que possa ter ajudado caso você esteja planejando passar um tempo no sul da França.

Clique nessa foto para ver mais fotos dessa área

Clique nessa foto para ver mais fotos dessa área

REDES SOCIAIS

fb-icon twitter-icon instagram-icon pinterest-icon google-plus-icon
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s