Já fez a lista do final de ano?

Do you wanna read it in English? Click here.

Nesse momento, você talvez já tenha olhado para 2014, posto na balança os prós e contras, e decidido se foi um ano bom ou ruim. Provavelmente fez uma daquelas listas com as coisas que pretende fazer nesse ano, e outra com as coisas que quer deixar de fazer. Mas você fez o mesmo durante diversas situações durante o ano? Antes de continuar, gostaria de contar uma história sobre a minha mãe.

Quando eu e meus irmãos faziamos algo errado durante a nossa infância, minha mãe as vezes nos mandava pro nosso quarto pra pensar no que fizemos. Não importava a hora do dia, ela nos “trancaria” no quarto, fecharia as janelas, apagaria as luzes, nos colocaria na cama e nos deixaria lá para pensar.
Você já deve imaginar que isso não funcionou muitas vezes. Se meus irmãos estivessem comigo, nós faríamos de tudo o mais silecionsamente possível para que ela pensasse que nós estávamos deitados na cama pensando. Talvez ela soubesse disso e só queria um tempo livre do caos que 4 crianças podem fazer. Mas prefiro acreditar que ela realmente queria que a gente parasse pra pensar no que tinhamos feito, e eventualmente eu iria fazer isso.

Acontece que tenho feito isso conscientemente nos últimos anos. Eu penso sobre as situações em que passo na minha vida e tento aprender algo dessas experiências. Tento ver maneiras em que poderia fazer algo diferente caso um dia encare o mesmo problema de novo. Olhar para cada uma dessas situações, me permitiu não só evitar cometer mesmos erros, mas também me permitiu treinar minha mente pra focar nas boas coisas e situações que desejo pra minha vida. Eu me conheci melhor, e isso me fez prestar mais atenção a pequenos detalhes e curtir mais o meu presente.

With dear friends in São Paulo, Brazil

Com amigos queridos em São Paulo, Brasil

Provavelmente não viajei o tanto quanto viajei em 2013, mas isso não importa, pois curti cada uma das viagens esse ano muito mais do que as do ano passado. Sozinho ou rodeado de pessoas incriveis, amigos de longo tempo ou novos amigos, momentos longos ou curtos, no frio ou no calor, eu curti e aprendi em cada momento de 2014.

Mesmo que eu tenha alguns objetivos, não fiz lista alguma para esse próximo ano que está para chegar. Tudo que quero é continuar aprendendo, continuar sendo curioso, continuar sendo a pessoa que quero ser.


Lembra o que perguntei no começo do post?

Se eu puder te dar um pequeno conselho, te diria para que em 2015 você preste mais atenção aos seus sentimentos, que tente se conhecer melhor, e assim conseguirá alcançar qualquer objetivo que você colocar na sua cabeça. Não estou dizendo que será fácil, mas quanto melhor você se conhecer, mais fácil será de enfrentar quaisquer dificuldades que você talvez encontre.

Gostaria de finalizar esse post agradecendo a todos que fizeram parte do meu 2014. Para os que estiveram ao meu redor, saiba que eu curti e sou grato pelos momentos que compartilhamos juntos. Para os que não encontrei ou não conversei esse ano, vamos fazer 2015 ser diferente. Para vocês que tiram um tempinho para ler minhas palavras por aqui, muito obrigado por fazer parte disso. E um agradecimento especial para a minha mãe por ter me ensinado essa lição tão importante.

Feliz ano novo para todos vocês!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s