[Post convidado] Compre sua passagem e vá!

Do you wanna read it in English? Click here.

Olá pessoal, o Hector me deu a chance (e a honra) de me me expressar aqui, então essas linhas são para vocês, fortes mulheres do século 21, que buscam aventuras. Contanto que com entendimento e sem julgamento, homens também são bem vindos a ler e comentar nesse post.
Nós (mulheres) estamos frequentemente encontrando desculpas para adiar coisas que realmente queremos fazer em nossas vidas. Nunca o momento certo, ou o lugar certo. Nunca dinheiro suficiente (mas suficiente para comprar aquele último par de sapatos), ou nunca a pessoa certa pra viajar junto. E quando solteiras, viajar sozinha parece assustador. Quer saber? PARE de pensar nisso e lembre que o que não te mata, te deixa mais forte.

Por que você deveria comprar um vôo?

  • Você conhecerá paisagens inesperadas. Acredite em mim, o mundo é cheio de surpresas. Você verá e se lembrará de cada detalhe, cada cor e cheiro de lugares incríveis. Você terá a oportunidade de ver na realidade o que apenas viu em imagens na TV ou cartões postais. Durante as minhas viagens, eu fiquei em frente de animais em seu habitat natural (focas na Irlanda, abutres na Patagonia, marmotas nos Alpes, Lhamas no Peru).

Lhama no Peru

Lhama no Peru

Machu Picchu, Peru

Machu Picchu, Peru

Eu não sou uma garota da “cidade”, mas como eu não poderia ficar impressionada com os monumentos em Roma ou Paris ? E de vez em quando, sim de vez em quando, você gosta de lugares e você nem sabe bem o porque. A iluminação? O clima? O cara tocando música no canto de uma rua pequena? Quem sabe?

  • Você viverá 1000 coisas a cada dia, sinta-se a vontade e suas emoções se multiplicarão por 10. Quando eu estava vivendo em outro país, eu podia chorar e então depois de cinco minutos rir e perceber o quão ridícula eu estava sendo. Eu estava vivendo o presente, sentindo cada minuto de felicidade e prazer.

  • Para se desafiar. Porque sim, ser uma mulher nesse mundo louco não é sempre fácil. Eu percebi isso apenas quando voltei para casa. E hoje, eu apenas quero viajar de novo e de novo. Toda vez que eu volto pra casa, eu sinto uma satisfação e uma vontade de conhecer um lugar novo. Você deveria confiar no seus instintos e satisfazer suas curiosidades. Nunca é tarde de mais. Quebrar os meus hábitos e minha orientação foram uma das melhores coisas que eu fiz na minha vida. Algo que me orgulho de ter feito? Nadar com tubarões e arraias, algo que vou lembrar sempre.

Nadando com tubarões e arraias na Polinésia Francesa.

Nadando com tubarões e arraias na Polinésia Francesa.

  • Você verá uma outra realidade e descobrirá outras maneiras de pensar e viver. Conheci pessoas com culturas diferentes da minha, e foi interessante conhecer isso e ter novas perspectivas. No meu país, por exemplo, as pessoas geralmente são estressadas e reclamam o tempo inteiro, então é legal conhecer como outras pessoas vivem. Em alguns lugares no mundo, pessoas são mais receptíveis e sorridentes, organizadas, sinceras e honestas.

  • Experimentar diferentes especialidades. Essa é uma das melhores razões para viajar. Chocolates belgas e suíços, Ceviche e empanada chilenas, café da manhã irlandês, pizzas e lasanhas na Itália, cachaça brasileira, cervejas alemãs, paella espanhola, bacalhau com batatas português, pimentas peruanas (me fizeram chorar). Eu amo todas elas e tenho que admitir … sou louca por comida.

Pimentas peruanas

Pimentas peruanas

  • Profissionalmente falando, é um algo a mais. Eu estava com medo de que viver em outros países por muito tempo poderia criar um vazio no meu CV e fechar algumas portas para futuros trabalhos. Mas na verdade, foi ao contrário, eu abri minha mente e aprendi novos idiomas, e agora eu posso facilmente justificar isso durante minhas entrevistas.

  • Você se sentirá com uma estranha. E eu sei o que você está pensando: ser uma estranha não é algo bom. Mas veja o lado positivo. No meu próprio país, pessoas não ligam muito para mim quando as conheço pela primeira vez. Não sou uma garota interessante? Espero que não, mas sou apenas mais uma no meio de tantos. Vivendo em outro país, as pessoas são mais curiosas sobre de onde você vem, o que você gosta, ou porque você está lá.

Por último, mas não menos importante : você conhecerá pessoas de todos os lugares. Fará amigos e se divertirá. Debaterá a receita de um prato por tanto tempo que teria tempo de cozinhá-lo de todas as maneiras discutidas. Discutirão a pronúncia de palavras e nunca concordarão com qual é a maneira correta. Mas você verá, é incrivel como quão diferente podemos ser e ao mesmo tempo partilhar tantas coisas em comum, e quem sabe, sim quem sabe, você viverá aquele encontro inesperado (O ENCONTRO).You may say I’m a dreamer? …yes…but I’m not the only one.

REDES SOCIAIS

fb-icon twitter-icon instagram-icon pinterest-icon google-plus-icon
Advertisements

[Guest post] Book a ticket and go!

Gostaria de ler esse post em Português? Clique aqui.

Hi everybody, Hector gave me the chance (and honour) to express myself so these lines are for you if you are a strong 21st century woman looking for adventure. Of course, understanding and not judgemental men are also allowed to read and comment this post.

We (women) are often finding excuses to postpone what we really want to do in our life. Never the right moment, nor the right place. Not enough money (but enough to buy the latest pair of shoes), nor the right person to travel with. And if we are single, travelling alone is scary. You know what? Just STOP thinking and remember what doesn’t kill you makes you stronger.

Why should you book a ticket?

  • You’re gonna discover unexpected landscapes. Trust me, the world is full of surprises. You’ll see and remember every detail, every colour and smells of incredible places. You’ll have the opportunity to see “in real” what is being seen only as images on TV programs or postcards. During my trips, I was standing there gaping in front of animals in their natural environment (seals in Ireland, condors in Patagonia, marmots in the Alps, llamas in Peru).

Lhama in Peru

Lhama in Peru

Machu Picchu in Peru

Machu Picchu in Peru

I’m not a “city” girl but how could I not be astonished by the monuments in Rome or Paris? And sometimes, yes sometimes, you like places but you don’t really know why. The light? The weather? The guy playing great music at the corner of a small street? Who knows?

  • You’ll live 1000 things per day, feel free and your emotions will be multiply by ten. When I was living abroad, I could cry and five minutes later laugh and realize how ridiculous I was. I was just living the present time, feeling every minute of happiness and joy.

  • To challenge yourself. Cause yes, being a woman in this crazy world is not always easy. I’ve realized this only when I came back home. And now, I just want to travel again and again. Every time that I come back I have this satisfaction and desire to discover a new destination. You should trust your instinct and satisfy your curiosity, it’s never too late. Breaking my habits and losing my bearings were the best things I’ve ever done. The thing that I am more proud? Swimming with rays and sharks, an experience that I will always remember.

Swimming with sharks in French Polynesia

Swimming with sharks in French Polynesia

  • You’ll see another reality and find other manners to think and live. People that I’ve met had different cultures than mine, so it helped a lot to stand back and have new perspectives. In my country, for example, people are (in general) stressed and complaining a lot so it’s good to see how the others are living. In some parts of the world, people are warmer, more welcoming and smiling, organized, sincere and honest.

  • Eat and try incredible specialities. This is one of the best reasons to travel. Belgian and Swiss chocolates, Chilean ceviche and empanadas, Irish breakfast, pizzas and lasagnas in Italy, Brazilian cachaça, German beers, Spanish paella, Portuguese cod and potato, Peruvian hot peppers (that make me cry), I love them all ! I have to admit…I am definitively a foodie.

Peruvian pepper

Peruvian hot peppers

  • Professionally speaking it’s a plus. I was scared that being abroad for a long time could create a gap in my CV and close some doors for my future jobs. But actually, it was the contrary. I’ve opened my mind and learnt new languages and now, I can easily justify it during my jobs interviews.

  • You’ll feel as a stranger. I know what you are thinking; being a stranger is not good. But look at the positive part. In my own country, people aren’t concerned about me, or should I say not surprised when I meet them for the first time. Am I an uninteresting girl? I hope not… it’s just that we are one among the others. Abroad, people are more curious about where you’re from, what you like, why you’re there.

Last but not least: you’ll meet people from everywhere. You will make friends, have fun. You’ll debate a dish recipe for so long that you could have time to try all the ways of cooking it. You will discuss words pronunciations and never agree with the correct one. But you’ll see, you will be amazed by how we can be so different in the same time and how we can share so much in common in the other time and maybe….yes maybe…you’ll live the unexpected meeting (THE ONE) You may say I’m a dreamer? …yes…but I’m not the only one.

SOCIAL MEDIA

fb-icon twitter-icon instagram-icon pinterest-icon google-plus-icon